Novidades no Facebook

O Face anda promovendo várias mudanças! 
As fotos de capa e perfil terão outros tamanhos:
PERFIL: 80x80 px
CAPA: 981x363 px
Sendo que o perfil ficará totalmente dentro da capa e o botão de Call to Action será mais destacado.
Além disso, também será possível colocar vídeos no perfil (de curta duração) e/ou imagens temporárias.
Como sempre, o Face vai implantando todas as novidades de forma gradativa até atingir a totalidade de usuários, fique ligado!


A era do SELFIE: estamos exagerando?

Quando o presente-sensação do Natal de 2014 é o "pau de tirar selfie", vem a pergunta: há um exagero nas redes sociais?
Vamos partir do princípio em que a rede social é um ESPELHO - sim, é um espelho, e perigoso por sinal, pois você tem domínio sobre o seu reflexo, diferentemente de um espelho comum que mostra quem você realmente é.
O que será que está associado à pessoa que exagera no selfie?
A Sociedade Americana de Psiquiatria já pesquisou sobre esta tendência e publicou alguns trabalhos a respeito. Cada caso é um caso, mas em termos gerais este exagero pode ser visto relacionado à baixa auto-estima, à necessidade de estar sempre em evidência, de aparentar ser feliz ou fugir da própria realidade.
Outro estudo, dessa vez feito por holandeses, demonstrou que há relação entre o exagero nas selfies e a falta de sexo (veja aqui).
O fato é que há realmente um exagero, e até que ponto isto pode ser prejudicial à sua saúde é matéria de domínio dos profissionais da Psicologia - Psiquiatria.
Mas fica o alerta: como tudo o que é excesso é prejudicial, há o perigo da super-exposição. Pessoas com má intenção traçam facilmente os seus gostos, os seus passos e a sua rotina. Tem certeza de que você quer se expor em excesso?
É bom compartilhar momentos com os amigos, mas não vamos cansá-los com exageros.




BLACK FRIDAY é usada para GOLPES NAS REDES SOCIAIS (Instagram)

A Black Friday é uma tradição americana de se oferecer descontos na última sexta-feira do mês de novembro. Grandes marcas oferecem produtos a preços tentadores e o dia se torna uma correria desenfreada para conseguir comprar aquele objeto há muito tempo desejado.
Claro que a ideia foi importada para diversos países, inclusive o Brasil.
Há marcas e empresas sérias que oferecem descontos reais, mas também há aqueles que mascaram o desconto - e isso é facilmente detectado através de buscadores de descontos, sites de análise de preços, PROCON e Ministério Público.
Mas há uma modalidade de GOLPE que vem crescendo a cada ano: o GOLPE nas REDES SOCIAIS para atrair SEGUIDORES! Fato que ocorre com grande incidência no Instagram.
É muito simples: o falso perfil oferece vantagens tentadoras ou descontos absurdos para os primeiros seguidores...
Poste, marque os amigos, siga - cuidado com estas palavras!
As empresas não precisam atrair seguidores com este tipo de estratégia. Desconfie e não fique compartilhando conteúdo deste tipo e nem seguindo perfis "fakes".
Todo cuidado é pouco!
E se você ver algo neste sentido (como na foto abaixo), denuncie: ligue para a própria Empresa (que, com certeza, tem seu serviço de atendimento ao cliente) e faça o alerta!
Assim, ela tomará conhecimento da fraude com seu nome e poderá tomar as devidas providências para coibir este abuso!!!


Onde foi parar o infinitivo nas redes sociais?

O infinitivo é um tempo perdido que sumiu das redes sociais...
Perdeu-se no em alguns sotaques, na digitação rápida e no compartilhamento a jato.
A nossa mania de "comer"o r do infinitivo é tão comum já nos acostumamos com ela.
Frases do tipo: "vou saí com os amigos" não causa nenhuma estranheza - afinal, na linguagem coloquial, do dia-a-dia, ninguém vai ser arcaico a ponto de dizer: "vou sairrr com os fraternos camaradas" (rs).
Mas,  quando se trata de um post de um perfil de uma empresa, figura pública ou similares, a ausência do infinitivo é considerada um erro grosseiro... (com exceção de páginas de humor).
Mas, sem pânico: viu que errou, corrija sem receio.
Nada que o corretor ortográfico não possa ajudar!
Um erro ou outro não causa nenhum dano - o problema é quando ele se torna recorrente.
Uma dica simples para não ser refém da armadilha do infinitivo: leia! A leitura é prazerosa e deve ser um hábito diário.
Não gosta de livros? Não tem problema: leia boas revistas e jornais, sempre vai ter algum que atenda ao seu gosto, seja sobre futebol, moda, pesca etc. ;)

figura do ótimo site Conversa de Português:



Como funciona o aplicativo MomentCam

Já viu algum amigo do Facebook postar uma caricatura de si mesmo? É a nova febre do momento, o MomentCam. Febre na China e agora febre no Brasil.

Ele não faz nenhuma mágica, apenas é um aplicativo bem-feito.

Quando se fala em desenho e cartoon, os traços principais que faz o nosso cérebro identificar a pessoa são: olhos, nariz e boca. Quem fez este app usou muito bem este princípio. Com a câmera frontal você tira sua foto em close e o aplicativo faz o resto: edita sozinho a foto, retirando a saturação e aumentando o contraste. Em seguida ele encaixa seu rosto em um "corpo" pré definido.

Pronto, a mágica está pronta! Você virou uma caricatura!



Etiqueta nas Redes Sociais: postagens com fotos de pessoas hospitalizadas

Há quem ache a etiqueta algo desnecessário, mas é ela que nos dá uma ajuda no convívio social.

Certas regras, feitas para o dia-a-dia, devem e podem ser incorporadas nas redes sociais - como por exemplo a visita a quem se encontra hospitalizado.

Estar no hospital é passar por um momento delicado - seja por doença ou um momento de alegria ao ganhar um filho.

Não levar presentes desnecessários, não usar perfumes fortes, falar baixo, evitar visitas e conversas longas são regrinhas de etiqueta que visam trazer mais conforto ao paciente. Da mesma maneira, deve-se evitar fotografar e postar o hospitalizado que, fatalmente, estará com roupa de hospital, com soro e outros acessórios, pálido e debilitado. Devemos respeitar a fragilidade da situação.

A discrição deve ser a palavra de ordem. Nada impede que você comente e avise os amigos e seguidores sobre a visita.

Pense de outra maneira: poste algo, texto ou outra imagem que a pessoa goste, em tom de homenagem! É mais bonito, agradável e vai deixar o homenageado mais feliz.

Se é para uma campanha em rede social, ou se o próprio hospitalizado pediu a postagem de sua foto, a história é outra. Mas, na dúvida, pense no famoso ditado: não faça aos outros o que você não gostaria que fizessem a você!





ATENÇÃO: Governo proíbe concursos culturais em redes sociais!


No dia 22 de julho de 2013, sem muito alarde, o Ministério da Fazenda emitiu uma portaria (422/13) que proíbe que sejam realizados concursos culturais por empresas em redes sociais como o FacebookTwitterOrkutGoogle+ (e outros) no Brasil. Assim, estão expressamente proibidas ações de sorteio, brindes, serviços e produtos desta natureza.


O governo justifica que estes concursos estavam sendo realizados de forma distorcida por várias empresas: concursos que tinham a finalidade comercial eram realizados com o status de "cultural".

Agora, concurso deste tipo só com autorização dos órgãos reguladores: CAIXA e SEAE,
E, caso, alguém desrespeite a nova norma, a multa é pesada: até 100% do valor  dos prêmios prometidos no concurso e/ou a proibição de realização de promoção comercial por até 2 anos.

Veja a íntegra da Portaria aqui.

Agora, muito cuidado e cautela!